Tipagem sanguínea no Colégio Invictus realizada no Dia da Família

Tipagem sanguínea no Colégio Invictus realizada no Dia da Família

Professora responsável: Luciana Márcia Espinha de Sant’Ana

Os principais grupos sanguíneos do homem podem ser classificados de acordo com os sistemas ABO e Rh. No sistema ABO, existem 4 grupos sanguíneos determinados geneticamente (A, B, AB e O), dependendo da presença ou ausência de determinados aglutinogênios (antígenos) nas hemácias. A presença de aglutinogênio A, presença de aglutinogênio B, presença de aglutinogênio A e B e ausência de aglutinogênios, respectivamente, é o que caracteriza cada um deles.

O fator Rh (ou fator D) foi descoberto em 1940, quando os pesquisadores Landsteiner e Wiener conduziram experimentos em macacos do gênero Rhesus. 85% das pessoas possuem nas hemácias um antígeno chamado fator Rh. Estas pessoas são Rh positivas (Rh+). 15% das pessoas não possuem nas hemácias o fator Rh e são Rh negativas (Rh-).

 

 

 

Em 58 pessoas em que foram realizados os testes de tipagem sanguínea, no Colégio Invictus, verificou-se que: Em apenas 1 pessoa constatou-se o grupo sanguíneo tipo AB+. Três pessoas apresentaram o grupo sanguíneo O-. A maioria das pessoas (27 de um total de 58) apresentou o tipo sanguíneo O+. O sangue tipo B+ foi encontrado em 4 pessoas. Em 5 pessoas encontramos o tipo sanguíneo A- e em 18 pessoas o tipo A+. O fator Rh também foi determinado, sendo que das 58 pessoas testadas, 50 apresentaram Rh+, ou seja, 86,2%.

Concluiu-se que, o tipo sanguíneo AB é bastante raro, em relação aos outros, sendo o mais comum o tipo O+, na amostragem estudada. Os resultados da amostragem, realizada no Colégio Invictus, estão de acordo com o encontrado na literatura para a população brasileira.v

Deixe um comentário

WhatsApp